Todos nós temos a plena ciência que todo e qualquer tipo de malefício ou benefício gerado dentro de uma sociedade acaba entrando num ciclo e atingindo um ou mais indivíduos.

O design como função, busca solucionar problemas que a sociedade humana em geral tem. No entanto o mundo é capitalista, logo somos movimentados por dinheiro e acaba que os problemas dentro da nossa sociedade ou de um grupo social mais específico, acabam se amontoando.

“O papel do designer, em um contexto mais global, é construir cenários para estimular a discussão e a inovação, ajudando na regeneração dos aspectos sociais e ambientais da sociedade. (…) O design tem um papel formativo, educativo que ajudará à sociedade a ajustar-se a uma nova realidade. ” Ezio Manzini

Às vezes eu paro e fico pensando como o Design é uma disciplina incrível, cheia de ramificações e cheia de possibilidades. Penso em cada coisa no mundo que podemos atuar com eficiência e causar um impacto positivo. Da mesma forma eu fico pensando como ou com quem eu poderia resolver um problema que vejo no dia a dia. Às vezes são problemas ínfimos, mas que poderiam tornar a sociedade mais eficiente.

shutterstock_237596851

ShutterStock.com

O ponto de discussão deste texto é exatamente esse. O que (nós como designers) podemos fazer para tornar nossa sociedade melhor.

O que você deve estar se perguntando é: Porque projetar para alguém além de mim? E a resposta é simples. Todos nós fazemos parte da sociedade humana ou de um grupo social mais específico, logo, usufruímos do bem que causamos na sociedade também. Muito simples, você desenvolve uma metodologia de design, onde vários designers a seguirão e projetarão produtos ou sistemas úteis e mais eficientes, como por exemplo, um redesign da Catraca do ônibus, se você usa transporte coletivo, vai ganhar nesse ponto.

Pode até parecer algo “besta”, mas aplique essa lógica para sua realidade, para os problemas que você detecta. Com certeza você perceberá a relevância disto.

“O design tem o poder de tornar o futuro mais adequado a sociedade que o viverá através dos projetos de ambientes e objetos inovadores que tornem a vida mais fácil e mais prática. Quanto melhor for o design para o futuro, mais pessoas acreditarão na sua eficiência e estarão dispostas a participar dele. A função do design é criar realidades que ainda não existem, mas que serão possíveis no futuro. ” Felipe Marciano e Daniele Santos

Eu tomei ciência disso depois de me sentir repreendido durante uma palestra do Lincoln Seragini em um evento da faculdade. Ele falou algumas verdades naquela palestra. Ele comentou sobre Design Thinking para Amazônia, projetos sustentáveis, conhecimento local e vernacular sobre a Amazônia. De forma resumida ele exclamou: “Vocês têm um monte de ferramentas em mãos e não tem projetado nada para dentro da região, que a torne melhor. ”

Em um momento anterior, durante uma entrevista para o vídeo “25 anos de Design UFAM” um dos meus professores fez o seguinte comentário:

O Prof. Almir resumiu bem o que quero passar aqui, de que além “do nosso design”, projetos pessoais, trabalho e tudo mais, naquela sobra de tempo, ao invés de fazer algo menos produtivo, por que não executar um projeto do qual vou usufruir como cidadão também!?

A seguir, gostaria de compartilhar com vocês, alguns textos e vídeos interessantes. Caso tenha algo do gênero, deixe nos comentários, com certeza será de grande valia!  ;)

Sociedade, Tecnologia e Inovação: Veja Aqui!

O papel do design na sociedade contemporânea: Leia Aqui!

O papel social do designer para uma sociedade sustentável: Leia Aqui!

Documentário Amazônia S/A

Aula de Sociedade, Tecnologia e Inovação (Univesp TV)

Siga o Marcozero no Twitter, Facebook e Instagram!

Share.

About Author

Marco Zero

Post escrito por mais de um colunista, um parceiro convidado, ou um artigo enviado por um de nossos leitores. Para colaborar conosco, ou sugerir alguma pauta, basta enviar um e-mail para contato@marcozero.rec.br.


Fatal error: Uncaught Exception: 12: REST API is deprecated for versions v2.1 and higher (12) thrown in /home/marcozer/public_html/wp-content/plugins/seo-facebook-comments/facebook/base_facebook.php on line 1273